quarta-feira, julho 19, 2006

Fruto

Nos galhos secos
da árvore morta
floresceu um ninho

Em troca de canto
alguma esperança
madura o passarinho.

5 comentários:

Loba disse...

Uma forma linda de falar de esperança.
Sempre bons demais os seus poemas.
Beijocas

Ceci disse...

Guanais, vida chamando vida, mesmo o galho seco propicia a criação, com sua sensibilidade e palavra. Abraço

Anônimo disse...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

Anônimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»

朝川栄一 [Asakawa Eiichi] disse...

olha, isso é muito bom!