sexta-feira, agosto 11, 2006

Marinha

Chamar é necessário
o ciclo impõe mudanças
(outros amores)

E passa e deixa
um novo canto impresso
na memória do sal:

Diluído no abraço
que envolve o mergulho.

-------------------------

Poetando...


Loba:

como numa ciranda
uns amores vãos

outros mergulhados
em abraços

e todos são
Infinito

2 comentários:

Loba disse...

como numa ciranda
uns amores vãos
outros mergulhados
em braços

e todos são
infinito

Loba disse...

Obrigada, meu querido! Beijos muitos e muitos