quarta-feira, outubro 18, 2006

Crônica

trabalhar
cada vez mais
por menos

descansar
cada vez menos
por mais

dormir um luxo
exclusivo

do pão que
o diabo amassou.

7 comentários:

Wilson Guanais disse...

nota:

improvisei este à partir de imagens cotidianas (coisas que ouço diariamente).

wilson guanais

Clauky Saba disse...

o legítimo pão dormido de cada dia rsrsrs

poetabraços

clauky

Dora disse...

Eu li aqui os equívocos do homem moderno...Que nem sabe que está "equivocado"...rs
Beijo, moço.
Dora

Jéssica disse...

Triste realidade essa nossa, Wilson... infelizmente... e tem gente q nem o pão dormido tem... Um fim de semana tranquilo pra vc, beijo*.*

Jefferson de Souza disse...

[APLAUSOS!]

claudia disse...

adoreiiiiiiii


beijos

Jota Effe Esse disse...

Às vezes me sinto assim, achando que dormir é um luxo exclusivo do pão que o diabo amassou. Você surprenede com seus poemetos maravilhosos. Abraços.