sábado, maio 03, 2008

Imanente

(a partir de um poema da Loba)

paraíso
labirinto
ou
preci/
pício
o céu

é um lugar
em mim
: eu

voaria
pra lá
agora
se soubesse
onde

estou.

3 comentários:

Ilaine disse...

Oi, Wilson!

Vi o seu comentário no blog da Célia e resolvi vir te visitar. Que tão belos poemas os seus, assim como os de Loba. Maravilhoso aqui... Voltarei!

Beijos
Ilaine

Célia de Lima disse...

Menino difícil de se encontrar... a poesia agradece o seu retorno! (Onde quer que vc esteja, aonde quer que ainda esteja indo...)Sempre com inteligência e talento!

É claro que pode levar os poemas que quiser para onde quiser. Apenas agradeço ;-) Beijos

Loba disse...

eu nem percebi que vc já estava postando!
obrigada, viu? eu sabia que vc me daria uma nova vontade! rs...
beijo!!!