segunda-feira, julho 31, 2006

Ainda Sobre

No escuro
o Mistério muda
de pele

E a (i)realidade
nela tatuada.

5 comentários:

claudia disse...

melhor não ter marcas...

beijos

Vicente Siqueira disse...

No escuro o espelho não funciona, não é mesmo, poeta?

Vicente

Loba disse...

Gosto de mistérios que se revelam na pele... e gosto de vc! rs
Beijos muitos

Fernanda disse...

E no escuro podemos sentir, tatear e "ver" as coisas de formas diferentes, e muitas vezes formas boas e gostosas. Gostei do seu blog. Beijos.

Vicente Siqueira disse...

Oi, meu jovem.

Voltei pra dar um alô, como já é de costume, e acaba que gostei muito do que a Cláudia falou aqui: "melhor não ter marcas...", éééé... mandou bem, a moça, porque às vezes a realidade é clara e realmente marca.
Estou aqui não é só para retribuir a visita, não. É porque me dá prazer entrar nesse Cemitério.

Doces abraços.

Vicente