quinta-feira, setembro 28, 2006

Incursão I

Todo dia à noite vem mostrar
a verdade por trás do azul
a cor do céu
sai dos cantos escuros
do quarto e debaixo da cama
onde o corpo aquece o cobertor
e o universo
expandindo em nossa viagem
dentro do inevitável.

7 comentários:

Fernando Palma disse...

Então todo aquele azul é só uma miragem?? um disfarce??

Jéssica disse...

O azul é sempre bem-vindo, venha de onde vier*.*

Márcia(clarinha) disse...

Existem azuis temidos pela solidão que trazem...
lindo dia
beijosssssssss

Luzzsh disse...

Oi Wilson,

Gostei bastante daqui...belos escritos. Volto.

Beijos...

Fernanda disse...

Viagem dentro do inevitável. Ta ai! Acho que muitas das respostas de nossas ansiedades é sacar que algumas reações da vida são inevitáveis. Beijos.

Vicente Siqueira disse...

Oi, Poeta.
Restabelecida a ordem no caos da incursão por esses céus azulados.
Deixo doces.
Vicente

Dora disse...

É uma incursão. Então, tanto o universo penetra em nós, com seus elementos, como nós o penetramos com nosso ser...Eu vi uma simbiose...bela...
Beijossssss
Dora