domingo, setembro 24, 2006

Mesmice

Há milhões
de anos
um inseto decola

e pousa no centro
do universo.

5 comentários:

Keila Sgobi disse...

Wilson,
meu avô dizia que o centro do universo está a um passo de nós.

Para calculá-lo, precisamos de um cabo de vassoura, uma olhada para o céu e um passo na direção certa!

É esta sabedoria que procuro levar comigo...

Abraço

Iara Loba disse...

E deste inseto, nasceram os outros insetos.
Nossa amigo profundo.
E deste inseto vieram as pragas, os parasitas, as doenças como malaria, febre amarela.
Nossa amigo este inseto fez barabridades hein.]Voltei viu né.
beijose boa semana.

Loba disse...

Há milhões de anos o universo guarda em seu centro o vôo de um inseto!!!
Beijo

Vicente Siqueira disse...

Sim, Poeta.
É possível que tenha sido sempre assim.
Sempre a mesma coisa.
Deixo doces procê.
Vicente

Dora disse...

A natureza se repete. Os ciclos se renovam, mas, partem sempre do mesmo início...Há uma corrente filosófica que expressa essa questão: nada é novo!
Beijo, poeta!
Dora