terça-feira, abril 29, 2008

Bifurcação

havia
uma
dúvida
naquele silêncio

um
silêncio
naquela dúvida:

dois
caminhos
e nenhuma ponte
sobre
voando
o abismo.

2 comentários:

Dora disse...

Uma dúvida silenciosa e incomunicável.Deu no que deu: um poema delicadamente sem solução.
(Como eu gosto e não sei fazer...).
Beijo meu.
Dora

jjLeandro disse...

Uma verdade dita de forma poética. Valeu mesmo.
abcs