quinta-feira, maio 08, 2008

Almofada



( um presente sem Alma, Ela esqueceu de enviar o manual de instruções e... )



eu queria
um Coração
de verdade

eu queria
o coração
da Verdade

3 comentários:

Dora disse...

Wilson!!!!!!!!!!! Presente é presente...não importa o seu "utilitarismo"...Use-o pelo seu valor intrínseco!!
Poema bonito, no entanto...
Beijos
Dora
(estou uma "peste", não? rs)

ana maria costa disse...

www.livrariaamantedasleituras.com

parabéns pelos pensamentos concisos. é como gosto de ler. tudo em pouco.

Célia de Lima disse...

Wilson, já reli várias vezes, e a cada vez atento para um detalhe diferente! Que poeminha rico, menino! Sem falar que é surpreendente.. direto! Sempre parabéns!
De novo, obrigada pela inserção do 10 poemas!:-)
Beijos. Boa noite!